sábado, 2 de março de 2013

Ser mãe do Isaac é...

A maior realização da minha vida.
É viver num sonho, mesmo acordada.
É ter sempre a obrigação de ser criativa e inventar milhares de brincadeiras.
É ter que cantar  em cada refeição pra ele abrir a boca e comer.
É acordar as 7 da manhã num sábado, quando eu poderia acordar ás 10.
É ver o sorriso mais lindo do mundo todos os dias.
É se sentir no paraíso a cada beijo recebido.
É morrer de orgulho quando ele fala alguma palavrinha nova.
É bater palmas qndo ele lembra de tirar a cueca pra fazer xixi.
É ter q secar xixi pela casa toda pq ele tira a cueca, mas faz xixi onde estiver.
É anunciar os vários fins da cama compartilhada que insiste em recomeçar a cada dois dias.
É ter paciência com um menininho que se recusa a fazer cocô no sanitário ou peniquinho.
É se tornar o cavalinho preferido nos dias de farra.
É estar distraída e levar uma mordida do bebê que pensa ser um au-au.
É levar soco de surpresa e ser chamada de gentalha (maldito Chaves rsrsrs) e ainda achar graça.
É ter que parar de fazer o jantar só pra pegá-lo no colo.
É ver que apesar de ter guardado esse Pitico na barriga por 39 semanas, ele só parece com o pai.
É ter que ver dvds infantis, cantar e dançar as coreografias só pra ver aquele lindo sorriso brilhando pra mim.
É fazer farra a cada nova conquista do bebê.
É ficar toda orgulhosa quando alguem diz que ele é lindo.
É ter que ir pra pista de dança num casamento de gente que nunca vi só pq o Pitico quer dançar.
É ter que ter sempre um dinheirinho no bolso pq ele sempre quer entrar num pula pula.
É chorar quando ele fica doente.
É sair correndo pela casa com um pano na cabeça gritando "é o bisso".
É sorrir quando diz alguma palavra nova.
É querer comprar tudo que tenha a Galinha Pintadinha como tema.
É chorar de emoção por ver a felicidade do Pitico quando vê algo novo da Galinha Pintadinha
É se derreter toda quando pergunto se ele entendeu e ele balança a cabeça que sim.
É ser babona, chorona e bobona
É agradecer a Deus todos os dias pela vida do meu filho.
É ter o coração restaurado por um "beijo de biquinho" e um abraço apertado quando me sinto sem forças.
É ser feliz somente pelo fato dele existir.


Filho, sou louca por você!
Você é o melhor presente que uma mãe pode ter.
Quando pensei em ser mãe sabia que seria feliz, mas nunca imaginei que seria tanto. Poder te amamentar...segurar suas mãozinhas nos seus primeiros passos... Não tenho palavras pra descrever o quanto isso mudou minha vida.
Não há mais dias de lamentação, sempre me levanto de qualquer rasteira da vida só pq tenho você.
Deus me deu você e você é mais do que sonhei.
Te amo!


Pitico hoje completa 23 meses.

6 comentários:

Anjinho disse...

Delícia!
e como diz o ditado popular:
Ser mãe é padecer no paraíso.
kkkkkkkkkkkkkkkkk
bjokas amiga.

Cláudia Leite disse...

Ai, é exatamente assim!!!
Postei sobre o quanto ando frustrada pelo comportamento da ISabella, mas assino em baixo tudo o que vc disse, sinto igual.
Tudo vale à pena, é tudo tão gostoso, não imaginava tb ser tão feliz sendo mãe.

bjão em vcs e boa semana!

Lauri Sousa disse...

Ser mãe é tudo isso mesmo... temos as lutinhas diárias, mas as recompensas são grandes, ser mãe é bom demais!
Queli, indiquei você para uma tag, se desejar responder é só passar por lá.
beijos e ótima semana pra você!
pitacosdamae.blogspot.com

Lu do Deninho disse...

é um amor inexplicavel.....ser mãe é coisa de Deus mesmo !

Cris Sobral disse...

Que lindo amei!!!!

Bruna Almeida disse...

Oi,
está rolando um sorteio de um layout personalizado no meu blog, venha participar.

http://www.blognossahistoria.com/2013/03/2-sorteio-do-blog-nossa-historia.html

Beijos e boa sorte :D